Domingos Vieira vence em Braga

DOMINGOS VIEIRA VENCE EM BRAGA

Veja aqui as fotos do torneio

Veja aqui o video do torneio

Domingos Vieira, do Sporting Clube de Braga, foi o vencedor do IV Torneio de Braga de Boccia, realizado no dia 04 de Fevereiro de 2012 no pavilhão da Escola Secundária de Carlos Amarante, em Braga. Em 2º lugar ficou o atleta Bruno Pinho de Oliveira de Azeméis e em 3º lugar Carla Oliveira do Futebol Clube do Porto.

Na prova técnica, o vencedor foi Nuno Monteiro da ES de Maximinos (Braga), seguido de Emília Lago do Estrela e Vigorosa Sport. Em 3º lugar ficou José Carlos Macedo do SC Braga.

Esta foi mais uma jornada de preparação desportiva, tendo em vista os difíceis embates que se seguirão nas provas federadas calendarizadas. O modelo da prova está concebido de forma a criar oportunidades de embate entre diferentes classes funcionais, para desenvolvimento de novas estratégias de jogo e apuramento das técnicas fundamentais. Assim, na fase da poule, os atletas fizeram o apuramento dentro de um grupo com o mesmo perfil funcional, para na 2ª fase serem sorteados (1/8 e 1/4 de final) sem qualquer distinção de classe.

Para além desta prova central do torneio, reeditou-se a prova técnica uma vez ter tido um enorme sucesso no torneio de 2011. Desta feita, o sucesso manteve-se tendo os jogadores demonstrado uma grande adesão e motivação a esta nova competição. A prova consistiu numa competição individual de lançamento de precisão, limitada por tempo, em que o objetivo foi tentar colocar as bolas em locais distintos no campo com o menor número de lançamentos e com o menor tempo possível. A prova caracterizou-se por um grande dinamismo, emoção e interesse, por parte dos jogadores, das suas equipas técnicas e dos espectadores que aderiram entusiasticamente.

Ainda esta época, mantém-se a promessa de realizar uma prova totalmente baseada em skills da modalidade, em moldes a definir, mas tendo por base o sucesso desta experiência desportiva que não encontra paralelo em Portugal.

Para futuro, desenvolver melhor uma base competitiva mais equalitária entre diferentes funcionalidades, procurando regulamentar a prova de forma a permitir a atenuação das diferenças entre estas. Procurar, desta forma, criar um modelo aberto de competição entre classes, mas com itens que promovam a competitividade real em que a diferença entre classes seja esbatida (caso da aplicação de um sistema de “handicap” de bolas em função da classe e nível competitivo ou da manutenção da bola-alvo/início do jogo para o atleta que perde o parcial).

Para este desenvolvimento, contamos com as sugestões de todos. Assim, aguardamos as vossas sugestões, as quais devem ser enviadas para tecnico.sdabraga@gmail.com.

Brevemente estarão disponíveis os resultados globais de ambas as provas, os resultados estatísticos e o video do torneio. Esteja atento!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s