3º Campeonato SC Braga de Boccia 16-17

Arrancamos para a 1ª jornada do 3º Campeonato SC Braga de Boccia 2016-2017!
Este será o momento alto durante toda a época para os atletas irem verificando a forma desportiva e fazerem as correcções que os aproximem do êxito nas provas oficiais.
Para esta época muito se mantém em termos de objetivos para a prova e de regulamento para a sua realização. Novidades existem quanto à integração dos atletas do grupo de formação. Também quanto à criação de 2 divisões, à semelhança com o que se irá passar em algumas divisões no Campeonato Nacional.
Regulamento 2016-2017
 
1. A prova desenrolar-se-à em 4 jornadas, sendo a subsequente mais valiosa que a antecedente (1ª Jornada= Pontos*1; 2ª Jornada=Pontos *2+Pontos 1ª Jornada; 3ª Jornada= Pontos*3+Pontos 2ª Jornada; 4ª Jornada= Pontos*4+1/2 Pontos 3ª Jornada).
 
2. Os atletas são seriados para a 1ª jornada em função dos resultados finais do 2º Campeonato SCB e dos resultados da última prova do grupo de formação. A partir da 1ª jornada a seriação dos atletas será realizada pela classificação na jornada anterior.
 
3. Cada jornada desenvolver-se-à por divisões até à sua final. 
 
3.1. A 1ª divisão compreende uma primeira fase de grupos, em que os dois primeiros atletas de cada grupo passarão às meias-finais (2ª fase) e os vencedores destas às finais (3ª fase). Os vencidos disputarão os lugares seguintes, bem como os 3ºs de cada grupo disputarão os 5º e 6º lugares, e os 4ºs de cada grupo disputarão os 7º e 8º lugares.
 
3.2. A 2ª divisão compreende uma primeira fase de grupos, em que os dois primeiros atletas de cada grupo passarão às meias-finais (2ª fase) e os vencedores destas às finais (3ª fase). Os vencidos disputarão os lugares seguintes, bem como os 3ºs de cada grupo disputarão os 5º e 6º lugares.
 
4. Os atletas da 1ª divisão que se classificarem nas duas últimas posições de cada jornada, da sua divisão, serão despromovidos para a 2ª divisão, ocupando as duas primeiras posições do Grupo C.
 
5. Os atletas da 2ª divisão que se classificarem nas duas primeiras posições de cada jornada, da sua divisão, serão promovidos para a 1ª divisão, ocupando as duas últimas posições do Grupo B, beneficiando do respectivo handicap de bolas.
 
6. Os pontos a atribuir pela classificação obtida serão calculados em termos do nº de atletas presentes (14-1ª jornada) em cada jornada, e aplicada a fórmula indicada em 1.
Nesta jornada, ao vencedor geral será atribuído 14 pontos e aos demais pontos decrescentes até ao último (14º) que receberá 1 ponto.
Caso venham a integrar-se novos atletas, os pontos máximos serão adequados a esta nova situação a partir da jornada em que passaram a fazer parte da prova.
 
7. Caso venham a integrar-se novos atletas, os mesmos serão incluídos na prova a partir do momento em que passaram a treinar no clube. 
 
8. Handicap de bolas: O handicap confere uma vantagem em número de bolas aos atletas que se posicionarem nas duas últimas posições do Grupo B. Ao último será concedida a vantagem de retirar 2 bolas de jogo (Handicap 2) a todos os seus adversários nessa jornada. Ao penúltimo será concedida a vantagem de retirar 1 bola de jogo (Handicap 1) a todos os seus adversários nessa jornada.
 
9. A responsabilidade de ser aplicada a regra do Handicap de bolas é do atleta que dele usufrui, no caso em que os jogos sejam realizados sem acompanhamento de treinadores do clube. Caso o adversário não respeite esta regra, após comunicação escrita do atleta que dela beneficie, e desde que não tenha aceite realizar o jogo, a organização averiguará o sucedido. Em caso de comprovação da situação, será averbada derrota ao infractor por 0-6.
 
10. A responsabilidade de marcação dos jogos da fase de grupos é dos atletas. Os mesmos deverão cumprir as indicações de data-limite para a sua realização de modo a não comprometer a continuidade da fase seguinte da jornada.
 
11. Os atletas deverão fazer prova de comunicação escrita (email) com os seus adversários, em caso de incompatibilidade/impossibilidade de realização dos jogos.
A organização decidirá a quem atribuir a derrota no jogo, ao atleta que não colaborou/cooperou para a realização do jogo em causa. A vitória será averbada por 6-0.
Esta decisão, ou outra, caberá sempre à organização após fundamentação aos atletas em causa.
 
12. No caso em que ambos os atletas que deveriam disputar jogo entre sí, e no prazo/data-limite estipulado, não evidenciaram esforços claros nesse sentido, será atribuída derrota a ambos e uma penalização de 6 pontos negativos.
 
13. Após a realização do jogo, máximo 24 horas após, os atletas deverão informar a organização (via email) do resultado do mesmo.
 
14. Cada jogo deve ser realizado respeitando as regras oficiais da modalidade, excetuando a regra do handicap de bolas.
Especial atenção se solicita à aplicação da regra do tempo, a qual deverá ser de acordo com a classe de cada atleta.
Caso o atleta não tenha classificação, o tempo a aplicar será idêntico ao da classe BC3 caso use calha e idêntico ao da BC4 caso não use calha.
 
15. Serão atribuídos prémios aos participantes relativos à sua classificação, bem como ao melhor marcador; à melhor defesa; a quem demonstrar maior evolução ao longo da prova; e ao atleta melhor posicionado do grupo da formação.
 
16. O atleta melhor posicionado do grupo de formação passará a integrar o grupo de competição na época seguinte, pelo período de duração desta. Deixará de a frequentar caso não obtenha a mesma classificação nessa época dando lugar ao atleta da formação, então, melhor classificado.
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s